História

A Associação Futebol de Castelo Branco é uma Instituição Desportiva de Utilidade Pública que coordena e fomenta a propaganda e o desenvolvimento do futebol, em todas as suas variantes, no Distrito de Castelo Branco. Fundada oficialmente no dia 22 de Março de 1936. 

Havia já algumas dezenas de anos, que o "vírus" do futebol tinha também sido introduzido no distrito de Castelo Branco. 

Em várias localidades do distrito, iam aos poucos surgindo novos clubes, interessados por um desporto apaixonante, que atraíam desde logo multidões. Esses Clubes, espalhados por todo o distrito, disputavam renhidos encontros, por vezes pequenos Torneios. 

A técnica que alguns iam tendo, tornou-os famosos na época, sendo por isso solicitados a deslocarem-se com frequência, estabelecendo-se entre eles, um intercâmbio. Era o tempo das "balizas às costas", em que os próprios jogadores compravam por vezes o seu próprio equipamento, e até pagavam para jogar... 

Foi porém, em três concelhos (Castelo Branco, Covilhã e Fundão), que o futebol melhor raízes criou, tornando-se, por isso, bastante popular, não admirando, que fosse neles que estivesse concentrado o maior número de clubes. 

No meio da década de 30, eram bastantes os clubes a praticar a modalidade, ao belo prazer de cada um sem que houvesse um organismo regional que superintendesse a sua organização e regulamentação. 

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco, que havia sido fundada em 10 de Maio de 1932, dispunha de um Grupo Desportivo que se dedicava à prática do futebol, e conseguiu, com algum esforço construir um campo de futebol na cidade de Castelo Branco, o qual veio dar novo incremento à modalidade, onde já existiam bastantes clubes. Não fica, por aqui, a acção dos "bombeiros", pois que verificando a inexistência do tal órgão superior, tem a feliz iniciativa de sugerirem a criação de uma Associação Distrital, exactamente para dar ao futebol do distrito a organização de que tanto carecia. 

Posta a ideia em prática, falam com os clubes e marcam a data da realização da primeira Assembleia-Geral para o dia 22 de Março de 1936, nas suas próprias instalações. 

Apenas dez clubes, dos muitos existentes pelo distrito fora, respondem à chamada, eram apenas os que tinham interesse na prática da modalidade a sério. Foram eles, por ordem alfabética: 

Associação Académica Albicastrense 

Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco 

Clube de Futebol "Os Albicastrenses" 

Clube de Futebol "Os Covilhanenses" 

Desportivo Operário Covilhanense 

Onze Vermelho Albicastrense 

Sport Lisboa e Tortosendo 

Sporting Clube de Castelo Branco 

Sporting Clube da Covilhã 

Sporting Clube do Fundão 

Dos dez clubes fundadores da Associação de Futebol de Castelo Branco, seis deles já não existem. Os outros quatro, a Associação Humanitária dos Bombeiros de Castelo Branco, não se dedica à modalidade; o Onze Vermelho Albicastrense denomina-se hoje, Sport Benfica e Castelo Branco, depois de se ter chamado sucessivamente Sport Lisboa e Castelo Branco e Associação Desportiva de Castelo Branco; O Sport Lisboa e Tortosendo denomina-se agora Sport Tortosendo e Benfica, sendo o Sporting Clube da Covilhã o único que nunca alterou a sua denominação, sendo também, o Clube mais representativo do distrito, militando na primeira divisão nacional, onde estivera já por duas vezes, largas épocas. 

Castelo Branco foi, no Continente, o penúltimo distrito a construir uma Associação Regional de Futebol já que o da Guarda só surgiu quatro anos depois, isto em 1940. 

Ainda dentro da época da sua fundação, 1935/1936, a Direcção da Associação de Futebol fez disputar a sua primeira prova oficial, denominada Taça "Castelo Branco", instituída pela Federação Portuguesa de Futebol, e que viria a ser conquistada pelo Sporting Clube da Covilhã. 

Na época seguinte, 1936/1937 dá inicio ao seu primeiro Campeonato Distrital, que igualmente seria conquistado pelo Sporting Clube da Covilhã, ficando o Sporting Clube de Castelo Branco em segundo lugar. 

Em face da posição obtida pelos dois clubes, a Associação de Futebol de Castelo Branco, vê-se pela primeira vez representada numa prova nacional, o Campeonato da II Liga, participando na mesma série da Associação de Portalegre, representada pelo Grupo Desportivo Portulegrense e Sport Clube Estrela. 

Na época de 1938/1939, a Federação Portuguesa de Futebol deu uma nova orgânica à modalidade. Os clubes representantes da Associação de Futebol de Castelo Branco participam no Campeonato Nacional da II Divisão, e muito justamente o Sporting Clube da Covilhã chega à final da prova, onde é derrotado pelo Carcavelinhos Futebol Clube, pelo resultado tangencial de 1-0. A final disputou-se em Santarém, no dia 30. 

Pela primeira vez o futebol do distrito e duma maneira geral o seu desporto, saía prestigiado. A sorte não esteve, diga-se em abono da verdade, pelo lado do clube da Serra da Estrela, embora o Carcavelinhos fosse um clube bastante credenciado na época. 

Mas o valor do futebol que o Sporting Clube da Covilhã já então praticava, teria de afirmar-se um dia, dando assim prestígio à sua Associação. Nas épocas de 1947/48 e 1957/58, num intervalo de exactamente dez anos, conquista com todo o mérito e brilhantismo, os Campeonatos Nacionais da II Divisão e com eles o direito de participar entre os "maiores" do futebol, onde aliás, é o seu lugar. Também não causará surpresa para ninguém, o facto de na época 1956/57, ter chegado à final da Taça de Portugal, onde é derrotado por 3-1 pelo Sport Lisboa e Benfica. 

Na época de 1959/60, um outro clube do distrito, o Sport Benfica e Castelo Branco, trouxe para a Associação o título de Campeão Nacional da III Divisão, conquistando na mesma época a "Taça Disciplina", instituída pelo Jornal "Mundo Desportivo". 

Não fora apenas em campo de jogo que os Albicastrenses tinham sido os melhores, foram-no, o que é mais importante, no campo disciplinar, onde a correcção dos seus jogadores imperou. 

Inserida numa região do interior do País onde no campo desportivo, existem carências de toda a espécie, a Associação de Futebol de Castelo Branco tem contribuído, de uma maneira eficaz, ao longo de meio século de existência, para a formação social do homem, procurando valorizá-lo ao mesmo tempo. 

Virada para as categorias mais jovens, sem contudo deixar de apoiar os seniores, a Associação de Futebol de Castelo Branco continua hoje, como fez ontem, para que amanhã o Futebol na sua região seja uma realidade. 

Desde sempre, a Associação de Futebol de Castelo Branco, tem procurado apoiar os clubes seus filiados, promover o desenvolvimento do futebol em geral e, com especial carinho, do futebol jovem, contribuindo, assim para o engrandecimento do Futebol Distrital e Nacional e procurando manter uma intervenção social marcante. A preocupação com a formação dos agentes desportivos já vem de longe e a acção ímpar que tem sido desenvolvida pela AFCB tornou-a conhecida como uma verdadeira escola de formação. 

Tem como princípios fundamentais: promover, regulamentar e dirigir a prática do futebol em todas as variantes; estabelecer relações com os Clubes filiados e Associações congéneres assegurando a filiação na FPF; representar o futebol distrital.

mobilepornxtube mobile18porn mobilefuckporn mobilexxxsexporn xnxxpornvideos.xyz/a> freexnxxporn.xyz
escort konya
free spins no deposit 2017
anal porno
instagram takipci hilesi
sikis
Pornolar sikis izle, turk sex

pornolar

turk porn

turk sex sikis seyret

porno hd izlemek icin en ideal sex sitesi.
alanya escort
beylikduzu escort sisli escort beylikduzu escort istanbul escort istanbul escort
escort alanya
antalya temizlik firmalari guvenilir bahis siteleri vucut gelistirme steroid satin al
paykasa bozdurma